Câmera impede que fotos clichês sejam tiradas

Uma câmera fotográfica desenvolvida pelo designer Philipp Schmitt impede que o usuário tire fotos de lugares que já foram fotografados muitas vezes. Chamada de “Camera Restricta”, ela consegue identificar quantas vezes um determinado local foi fotografado através de uma pesquisa online pela sua localização geográfica. A ideia é forçar o usuário a tirar fotos mais criativas e de novos lugares.

Câmera impede que fotos clichês sejam tiradas

Lugares muito populares como a Torre Eiffel ou o Cristo Redentor já foram fotografados milhares de vezes, isso ativaria o sistema da câmera impedindo o usuário de disparar a foto e mostrando um X vermelho no campo de visão.

Câmera impede que fotos clichês sejam tiradas

X vermelho alerta quando uma foto não pode ser feita

A câmera funciona através de uma conexão com um iPhone que faz a busca através de marcações geográficas e mostra os resultados em um visor na parte de trás da câmera. O usuário poderá saber quantas fotos foram tiradas naquele local e se a ela irá permitir novas fotos.

De acordo com o seu criador ela é realmente um produto controverso, mas permitirá que fotos únicas sejam tiradas ao prevenir o usuário de tirar fotos genéricas e que já foram feitas milhares de vezes. Mas essa limitação também trará novas sensações ao usuário, como ser o primeiro ou o último a tirar uma foto de um lugar.

O produto não está à venda e faz parte de um projeto que questiona as práticas de fotografia atualmente, mas o criador não exclui a possibilidade do projeto se tornar um aplicativo para celular com as mesmas funcionalidades da câmera.

Abaixo você confere um vídeo mostrando a câmera em funcionamento.

 

 

You may also like...