8 formas para aumentar o tíquete médio

8 formas para aumentar o tíquete médio

O aumento no tíquete médio em vendas online tem uma relação direta com o aumento no lucro. Quando um e-commerce consegue vender mais em cada pedido, aquele lojista tende a ter mais lucro em geral. Existem muitas estratégias e táticas para aumentar o tíquete médio, incluindo as oito sugestões abaixo.

 

1 – Marketing para clientes recorrentes

Clientes recorrentes, que estão acostumados com determinada loja, vão gastar mais em cada pedido. Fazer campanhas de marketing para esses clientes traz um bom retorno de investimento e impacta de forma positiva o tíquete médio.

De acordo com um estudo da Adobe de 2012, 40% da receita online vem de clientes recorrentes, que representam cerca de 8% do tráfego no e-commerce.

Um cliente que faz uma segunda compra em um mesmo e-commerce pode gastar até três vezes mais do que um novo cliente, e um cliente recorrente, que faz três ou mais compras na mesma loja, pode gastar até cinco vezes mais.

 

2 – Ofereça frete grátis com requisito

Ofereça frete grátis para clientes que fizerem pedidos acima de um determinado valor, como por exemplo frete grátis nas compras acima de R$99. Estima-se que cerca de 40% dos consumidores online vão mudar o pedido, adicionando mais itens, para alcançar o requisito mínimo para frete grátis. Promova o frete grátis em cada página da sua loja, incluindo no checkout.

 

Oferece-frete-grátis-com-requisito-camila

 

3 – Ofertas limitadas

Quando os clientes acham que vão perder uma oportunidade eles tem a tendência de adicionar o item no carrinho.

A ideia é combinar uma oferta atraente, como um desconto ou frete grátis, com um tempo limite. Algumas lojas conseguem converter 57% a mais de vendas utilizando essa tática, aumentando o tíquete médio e o lucro.

 

4 – Ofereça desconto por volume

O desconto por volume pode funcionar de algumas formas diferentes e pode aumentar significamente o tíquete médio. Você pode oferecer um desconto para cada produto que o cliente compra, como por exemplo oferecer 10% de desconto na compra de 5 ou mais produtos de um mesmo tipo, e ir aumentando esse desconto conforme a quantidade de produtos.

Também é possível oferecer o desconto de acordo com o valor que foi gasto. A regra aqui é mostrar para o cliente que quanto mais ele comprar, mais ele pode economizar.

 

5 – Pacote de produtos

O pacote de produtos é uma forma de oferecer aos seus clientes um desconto por comprar vários produtos relacionados ao mesmo tempo que reduz o valor total de cada item e faz o cliente comprar mais. Outra vantagem é poder enviar todos os itens em uma mesma caixa, economizando no frete.

O cliente acaba gastando mais por estar economizando em geral com os produtos no pacote, aumentando o tíquete médio.

 

6 – Propaganda personalizada

Personalização tem sido uma das tendências principais no e-commerce nos últimos anos. Normalmente, a propaganda personalizada vai se apoiar em um software de recomendação que sugere produtos similares ao que o cliente visita e compra.

A ideia é que essas recomendações personalizadas vão encorajar o consumidor a adicionar esses itens na compra e, assim, aumentar o tíquete médio.

 

7 – Ofereça descontos com requisitos

De forma similar ao frete grátis com requisito, os lojistas também podem oferecer descontos com requisitos.

Um exemplo é oferecer um cupom de desconto que só poderá ser utilizado em compras acima de determinado valor. Como um cupom de 10% para compras acima de R$70. Isso pode encorajar os clientes a gastarem o valor mínimo para ter acesso a esse desconto.

 

descontos-com-requisitos-na-parede

 

8 – Experiência de outros clientes

As redes sociais e os reviews na sua loja de outros clientes ou amigos podem ser usados como uma forma de encorajar os consumidores a gastarem mais ao trazer confiança na decisão de compra.

O propósito é ganhar o mesmo tipo de confiança que você já possui de clientes recorrentes já na primeira compra. Para alcançar esse ponto encoraje os seus clientes a compartilharem a experiência de comprar na sua loja nas redes sociais e a fazer avaliações dos seus produtos.

 

Fonte: Practical Ecommerce

You may also like...