O que é uma boa taxa de conversão no e-commerce?

A pergunta no título do nosso post é uma das dúvidas mais comuns no e-commerce. A resposta para o que é uma boa taxa de conversão depende do que a sua empresa define como “conversão”. Um loja online que vende produtos muito caros provavelmente terá uma taxa de vendas menor do que uma loja que vende produtos baratos, por exemplo.

O que é uma boa taxa de conversão no e-commerce?

Mas dentro do universo de cada uma dessas lojas, a taxa de conversão ideal pode variar bastante. Afinal, o que está sendo medido e contado como conversão? São as inscrições na newsletter? Curtidas nas redes sociais? Resenhas de produtos? Compradores novos ou recorrentes?

Todas essas métricas são importantes pois a conversão vai muito além de apenas aumentar as vendas. Também é preciso ter informações sobre seus consumidores que vão ajudar a conduzir até a venda.

Por isso, nesse post vamos falar sobre os tipos mais comuns de conversão no e-commerce e dar dicas de como melhorá-las.

Adicionando no carrinho

Essa taxa de conversão indica a quantidade de consumidores que adicionaram produtos da sua loja no carrinho, independentemente de eles terem ou não finalizado a compra. Essa ação indica uma intenção de compra, e geralmente é mais alta que a taxa de conversão de vendas.

Uma taxa alta de consumidores adicionando produtos no carrinho indica que as páginas de produtos estão bem estruturadas e com botões call-to-action eficazes. 

Para aumentar as taxas de produtos adicionados ao carrinho você pode:

  • Criar páginas de produtos atraentes e sem distrações;
  • Destacar o botão de adicionar ao carrinho, deixando dentro da visão do consumidor;
  • Usar chamadas destacando seus produtos exclusivos, em estoque ou com últimas unidades;
  • Focar em melhorar o design, navegação e as funcionalidades gerais da sua loja online. Altas taxas de rejeição (consumidores que visitam apenas uma página e abandonam seu site) geralmente são ligadas a um design pobre e uma navegação ruim.

Uma boa página de produto, que encoraja o consumidor a compra, vai destacar os pontos principais do produto ao mesmo tempo que responde a dúvidas dos consumidores como a data prevista de entrega, valor do frete, detalhes do produto e do porquê comprar, além do botão de adicionar ao carrinho ou salvar o produto em uma lista de desejo para mais tarde.

Taxa de vendas

Adicionar o produto no carrinho é o primeiro passo no processo de venda, após isso é preciso saber quem realmente comprou o produto. Aqui entra a taxa de vendas, mas é possível ver além dos números dessas conversões.

A taxa de vendas é um indicador que não fala apenas sobre quantos consumidores finalizaram uma compra na sua loja, ela também indica a quantidade de carrinhos que foram abandonados. Afinal ela vai de encontro com a taxa de produtos adicionados ao carrinho, fora dela você tem o que foi abandonado.

Também é interessante notar que o tempo que um consumidor fica em um e-commerce pode não estar diretamente relacionado com a taxa de vendas.

No comparativo abaixo de 2019 de um e-commerce podemos ver que consumidores que finalizaram a compra visitaram menos páginas e ficaram menos tempo navegando do que aqueles que não compraram.

Inscrições em newsletter

Nem tudo está perdido quando você não consegue finalizar uma venda. Capturar e-mails é uma das melhores conversões que você pode ter na sua loja, pois ela te conecta com seus consumidores. E-commerces com grandes taxas de conversão de e-mail geralmente focam em:

  • Monitorar o comportamento do consumidor para saber quando exibir uma pop-up com uma call-to-action para inscrição na newsletter. Como por exemplo quando o consumidor vai fechar uma janela;
  • Oferecer algo de valor, como “se inscreva e ganhe 10% de desconto na primeira compra”.

Você também pode oferecer conteúdo exclusivo e ofertas únicas para atrair consumidores a sua newsletter.

Outras ações

Seguidores em redes sociais, como Facebook e Instagram, podem não ser tão úteis para suas taxas de conversão. No entanto, esses usuários vão ver as suas publicações e eventualmente podem se tornar clientes.

Tudo isso deve ser levado em consideração nas suas ações para aumentar o nível de conversão. Você pode apostar em conteúdo, fazer lives, interagir com os consumidores, downloads e PDFs. Ou seja, tudo o que possa ser parte da jornada de compra do consumidor.

Faça uma análise sobre qual taxa de conversão é mais importante para o seu negócio e trabalhe ações para alcançar o seu objetivo. Por fim, acompanhe o desempenho de cada ação e verifique o que funciona e o que pode ser melhorado.

Gostou do nosso post? Não se esqueça de se inscrever na nossa newsletter para receber nossas novidades. Até a próxima.

Fonte: Practical Ecommerce

You may also like...