Reduzindo o desperdício no seu e-commerce

Uma das melhoras formas de melhorar a rentabilidade do seu e-commerce é reduzindo os desperdícios no trabalho do seu depósito, já que muitas operações nesse setor geram algum tipo de desperdício.

Nesse artigo apresentaremos oito categoriais em que o desperdício pode ocorrer, eliminando ou reduzindo esse fator você irá realizar um processo que pode melhorar o lucro do seu e-commerce.

Reduzindo o desperdício no seu e-commerce

1 – Superprodução é o conceito de produzir de um produto antes de ele ser pedido. Normalmente não se pensa em superprodução no depósito, mas quase todo depósito produz em excesso. Exemplos incluem a construção de prateleiras que nunca são usadas ou são inadequadas para projetos futuros, adquirir mais caixas para envio do que o necessário, ou adquirir produtos além do que você vende.

 

2 – A Espera, no mundo industrial, é uma palavra que se foca na eficiência entre processos. Avalie quanto tempo você, ou os seus funcionários, tem que esperar para realizar uma tarefa após a outra. Pode ser algo simples como a espera pelos pedidos serem impressos, ou um produto ser retirado de uma prateleira alta, ou a espera para usar um equipamento que já está em uso por outro funcionário.

 

3 – O Transporte gera um aumento significativo no valor final do produto. Avalie o ciclo do produto no seu depósito, da chegada ao envio, e identifique o número apropriado de vezes em que esse produto deve ser movimentado. Essa avaliação deve levar em conta distância e tempo das ações. Essa distância e tempo podem ser reduzidos? O esforço vale a pena?

Por exemplo:  você fez uma venda de quatro produtos que estão localizados em diferentes partes do seu depósito. Se você mover esses quatro produtos para perto um do outro, esse esforço vai ser recompensado com o tempo ganho na retirada dos produtos?

 

4 – Processamento Inapropriado ocorre devido a etapas desnecessários ou excessivas no processo de trabalho. Por exemplo, você recebe apenas um tipo de produto embalados em caixa e não precisa separar múltiplos tipos de produtos, reduzindo assim os passos na recepção do produto no inventário.

 

5 – Inventário Desnecessário é geralmente o desperdício mais significativo de um e-commerce. Além de prender o dinheiro, ele requer espaço, cria barreiras na movimentação e atrasa a identificação de problemas.

 

6 – Movimentação Desnecessária se refere ao desperdício com movimentações como alcançar, se alongar, ficar parado, andar, levantar e como chegar. Um exemplo simples seria a altura de uma bancada que obriga um funcionário a se curvar sobre ela, ou uma escada que obriga o funcionário a se esticar para pegar um item.

 

7 – Defeitos acontecem por muitas razões, identificar porque eles ocorrem é a chave. Usar o tamanho de caixa incorreto para o envio, ou uma embalagem insuficiente, ou usar material de má qualidade na produção pode gerar defeitos.

 

8 – Funcionários mal utilizados também podem ser considerados um desperdício. Exemplos incluem não ter o funcionário correto para o tipo de trabalho, ou com as habilidade necessárias para exerce-lo, ou a falta de treinamento na função.

 

Implementar mudanças e avaliar a sua equipe podem ser coisas bem difíceis. Muitos gerentes tem medo de não conseguir superar os obstáculos, e acabam nunca agindo. Obter a ajuda de terceiros pode ser de grande auxílio.

Não tente resolver todos os problemas de uma única vez. Crie um plano baseado na mudança que irá trazer mais retornos para sua empresa e depois prossiga para a próxima. Mudar um processo ou um comportamento é difícil e leva tempo. Inclua a sua equipe para que eles entendam o propósito das mudanças e comecem a praticá-las por conta própria.

 

Fonte: Practical Ecommerce

You may also like...