7 dicas para usar GIFs nos seus e-mails

Sempre falamos sobre como os e-mails são uma poderosa ferramenta de conversão para o e-commerce, então se torna fundamental perder um tempo para melhorar cada vez mais esse tipo de comunicação com o cliente. Uma das maneiras de deixar esse canal mais divertido e interessante é adicionando GIFs no conteúdo do seu e-mail, chamando a atenção e garantindo o interesse do seu público.

7 dicas para usar GIFs nos seus e-mails

Nesse post vamos dar algumas dicas de como incorporar com sucesso essas imagens divertidas nas suas campanhas de marketing:

 

1 – Faça todos os testes com os GIFs

Se você vai usar GIFs nos seus e-mails, você precisa ter certeza que eles vão funcionar corretamente.

Um dos erros mais comuns acontece quando o GIF é apenas copiado e colado no corpo do e-mail, mas essa tática pode não funcionar em alguns casos. O ideal é que você incorpore o GIF no seu e-mail utilizando a URL ou um comando de inserção de imagem.

Com o GIF incorporado, faça testes de envio e verifique se ele aparece corretamente no seu e-mail.

 

2 – Não use muitos GIFs

Os GIFs dão uma boa dose de humor, diversão e interesse aos seus e-mails, mas também é importante que você não exagere nessa dose. Muitos GIFs podem ter um efeito negativo na performance dos seus e-mails.

Um excesso de animações no seu e-mail vai deixar ele com uma aparência caótica. Seu público não vai saber onde focar a atenção por conta das múltiplas imagens em movimento. Além disso, seu e-mail vai parecer desorganizado e com muita informação.

Você pode controlar essa questão definindo um limite de um GIF por e-mail. Isso vai ajudar a manter o foco do seu público, além de ser melhor ter apenas um GIF que gere engajamento do que várias imagens não tão interessantes.

 

3 – Escolha imagens que falem com a sua audiência

Como qualquer outra imagem, é importante que você selecione bem qual GIF vai compor o seu e-mail. Eles precisam estar em sintonia com a sua marca e com o seu público.

Existem atores, atrizes ou personagens que são conhecidos do seu público? Quais piadas ou memes são populares entre a sua audiência?

O seu público vai ajudar a determinar quais as melhores animações para a sua campanha. Utilizar animações conhecidas pelo seu público vai aumentar a ressonância da sua mensagem, do contrário ele se tornará ineficaz.

 

4 – Utilize GIFs curtos

A duração de um GIF pode variar bastante, de apenas alguns segundos até 30 segundos. Para a sua campanha, tente selecionar os mais curtos.

Os GIFs são ótimos para atrair atenção, mas ninguém vai ficar observando uma animação completa de 30 segundos em um e-mail.

Eles precisam ser curtos e diretos, chamando a atenção do público, surtindo o efeito necessário e liberando o usuário para verificar o restante do e-mail.

 

5 – Utilize GIFs com um propósito

Quando você cria o conteúdo de um e-mail, tudo o que você inclui deve ter um propósito. Não importa que seja para guiar as pessoas a uma venda ou para conhecer novos produtos, cada parte do seu e-mail tem um objetivo. Quando você incorpora um GIF isso não é diferente, eles precisam ter um objetivo.

É importante pensar sobre o que você quer transmitir com o seu GIF. Você está tentando transmitir humor, uma emoção ou direcionando seu público para uma ação? Antes de adicionar o GIF no e-mail, pense qual será o propósito dele.

Se você não encontra um propósito para aquele GIF, então talvez ele não seja a melhor escolha para o seu e-mail. Procure por outra imagem que se encaixe melhor na sua campanha.

 

6 – Seu GIF pode servir como Call To Action (CTA)

Uma das maneiras mais eficientes de usar um GIF é fazer com que ele guie o seu público a uma ação.

As Call To Actions dizem ao seu público o que fazer e são extremamente benéficas para ajudar nas conversões do seu negócio.

Você pode usar os GIFs como uma ferramenta que leva a sua CTA, fazendo com que seu público clique nos seus links, botões, façam um download e afins.

 

7 – Crie seus GIFs

Existem milhões de GIFs disponíveis na internet, mas talvez você não encontre um que se encaixe perfeitamente na sua campanha, sendo essa uma boa oportunidade para você criar suas próprias animações.

Fazendo os seus próprios GIFs você tem controle total sobre a temática, duração, formato e como ele irá se encaixar melhor no seu e-mail.

A maioria dos GIFs são criados a partir de filmes, séries e vídeos populares, mas talvez esse tipo de animação não seja muito popular com a sua audiência, e criando os seus GIFs você tem a chance de fazer algo que seja mais próximo do seu público e da linguagem da sua marca.

Existem diversas maneiras de customizar e criar um GIF. Você pode usar programas mais simples como o próprio Giphy ou uma ferramenta mais robusta como o Photoshop.

 

Então, ficou animado para utilizar GIFs nas suas campanhas de e-mail?

Fonte: WebFX

You may also like...