6 erros para não cometer nas vendas de fim de ano no e-commerce

A maior missão de um e-commerce é fornecer o produto ao cliente dentro do prazo estabelecido. Mas existe sempre algo que pode atrapalhar essa missão, e é durante as vendas de fim de ano que ela fica ainda mais comprometida.

No fim do ano, com datas como Black Friday e Natal, as oportunidades de vendas são gigantescas, assim como as chances de errar em algum ponto do pedido. Isso tudo coloca a reputação da sua loja em jogo, se você fizer um trabalho correto são grandes as chances de fidelizar clientes para compras futuras, caso contrário você pode perder um cliente para sempre.

6 erros para não cometer nas vendas de fim de ano no e-commerce

Embora possa ser difícil antecipar e se preparar para as dificuldades do futuro, selecionamos seis erros comuns no e-commerce que podem ser evitados durante o período de fim de ano. Confira:

 

1 – Não informar o limite para o tempo de entrega

A maioria das compras de fim de ano possuem um prazo de envio limite. Os pedidos precisam chegar antes do Natal. Seus clientes vão esperar que os pedidos cheguem dentro desse prazo a não ser que você passe outra informação.

É necessário que você informe a data limite de compra para que o produto chegue antes do Natal. Se você precisa que o cliente compre com pelo menos 10 dias de antecedência para receber o produto a tempo, então você precisa informar isso. Se essa informação não for clara você pode ter problemas.

Imagine que você receba um pedido no dia 20 de dezembro. Esse pedido tem a opção de embrulho selecionada e o cliente escolheu a opção mais barata de frete. Se você não informar corretamente o tempo que o pedido vai demorar para chegar, talvez seja necessário ligar para o cliente, informar que o presente não vai chegar a tempo e correr o risco de um cancelamento de pedido.

 

2 – Não ter funcionários o suficiente

Imagine que demore cerca de 10 minutos para que um funcionário do seu depósito separe, embale e coloque a etiqueta em um pedido. Isso significa que se você tiver quatro funcionários trabalhando oito horas por dia, você pode enviar até 192 pedidos em um dia trabalhando na sua capacidade máxima. Esse é um ótimo número, até que você tenha 300 pedidos em um dia.

Um dos maiores desafios enfrentados por um e-commerce em crescimento acontece devido ao pico de vendas em datas comemorativas, quando eles ficam atolados de pedidos e não são capazes de atender a todos com agilidade.

O segredo aqui é planejar. Você vai precisar contratar funcionários temporários? Você vai precisar de turnos de trabalho mais longos? Responda a essas perguntas, faça o seu planejamento e uma estimativa de pedidos antes de ter muito trabalho para lidar.

 

3 – Ficar sem materias de embalagem

Você contratou funcionários temporários, seu inventário está em dia e sua loja está pronta para aumentar a escala de produção. Então, um dos seus funcionários avisa que a fita adesiva para embalagem acabou.

Se você planeja fazer 5 mil vendas durante o período de festas, então você precisa de 5 mil caixas, sacolas, fitas, envelopes, plástico bolha e todo o tipo de material para embalagem para suprir essa demanda.

Caso contrário, surgirão situações onde você terá que comprar materias de última hora por um preço mais alto para suprir uma demanda emergencial.

 

4 – Não validar os endereços de entrega

Apenas um número incorreto em um CEP pode fazer o pedido do seu cliente cair num limbo, perdido entre tantas entregas dos correios e transportadoras.

Por exemplo, um pedido de R$2 mil deveria ir para o interior de Minas Gerais mas acabou indo parar em Goiânia. Pode levar semanas até que o pedido seja devolvido a sua loja, isso se ele não for entregue por engano a outro consumidor.

Enviar um pedido com um endereço incorreto pode causar muitas dores de cabeça e prejuízos ao seu negócio. Para evitar esse tipo de problema sempre verifique o endereço de entrega, se algo estiver errado ou parecer estranho, entre em contato com o cliente e pegue os dados corretos.

 

5 – Estimativas incorretas no preço de envio

Aproveite também para avaliar as suas taxas de envio. O valor cobrado no frete deve ser avaliado regularmente, comparando o que foi cobrado do cliente com o valor gasto pela sua loja.

Se a sua loja recebe os valores de uma integração, verifique se ela está de acordo com os valores que você tem pago. Se você estiver usando uma tabela própria, mantenha-a sempre atualizada.

Uma cotação de frete errada pode ser ruim para os dois lados. Se o valor estiver muito abaixo, você terá que pagar a diferença no envio. Se estiver muito alto, o cliente pode abandonar o carrinho por não querer pagar o valor de frete estimado.

 

6 – Estragando a surpresa do presente

Um dos “erros” cometidos por e-commerces durante as vendas de fim de ano é enviar os produtos em embalagens com o logo da loja.

Para essa época pode ser interessante utilizar embalagens que não demonstrem onde o presente foi comprado. Afinal de contas, é possível que um casal tenha comprado presentes um para o outro, e você não quer estragar a surpresa mostrando logo de cara o que pode estar dentro da embalagem caso a pessoa que vá ganhar o presente receba a encomenda.

 

As vendas de final de ano estão prestes a começar, prepare o seu e-commerce, planeje suas ações e boas vendas!

Fonte: Practical Ecommerce

You may also like...