5 erros no envio de produtos e como resolvê-los

Se você gerencia um e-commerce, provavelmente o envio de produtos é um dos processos mais importantes da sua logística. É ele que te conecta aos seus clientes e ao fazer um trabalho correto, você vai agradar o consumidor, caso contrário, um mal envio vai prejudicar a experiência de compra.

5 erros no envio de produtos e como resolvê-los

Se você quer melhorar a experiência de envio de produtos e deixar seus clientes felizes com os recebidos, você deve evitar alguns erros comuns que podem prejudicar o seu trabalho.

Abaixo você confere onde deve ficar de olho e algumas dicas do que fazer para evitar esses erros:

 

1 – Falta de opções no envio

Hoje, um dos erros mais comuns dos e-commerces está em oferecer poucas opções de envio aos clientes. Em alguns casos, esses lojistas estão sacrificando vantagens como velocidade e flexibilidade na entrega para que possam oferecer frete grátis. Embora seja bom para o bolso do cliente, isso pode fazer mais mal do que bem.

É verdade que os consumidores adoram frete grátis, sendo esse um grande incentivo para compra, mas oferecer mais opções de envio de produtos permite que os clientes adaptem sua experiência de compra às suas necessidades.

O que fazer? Se você quer deixar os seus consumidores felizes, você deve oferecer variedade nas opções de entrega. Os clientes gostam de ter possibilidades de escolha, com variações de data e velocidade na entrega. Além do envio padrão, ofereça outras opções que incluam serviços de entrega mais rápidos ou econômicos, como Sedex ou o envio por distribuidoras. Assim, você garante o direito de escolha do seu consumidor.

 

2 – Embalagem ruim

Poucas coisas acabam com a animação de um cliente ao receber a sua encomenda quanto uma embalagem malfeita. Embora fazer uma boa embalagem seja uma missão simples, muitos lojistas estão enviando seus produtos em pacotes baratos, reutilizados ou de tamanho errado.

Além de causar problemas de logística, como caixas quebrando ou abrindo durante o transporte, isso também coloca os produtos em risco de sofrerem danos e causa uma má impressão no seu cliente.

O que fazer? O melhor a fazer nesse caso é utilizar embalagens novas e envolver o produto com plástico bolha ou outro tipo de material que o proteja, como almofadas de ar, isopor ou espuma. Você também pode procurar por uma empresa especializada e criar a sua própria embalagem personalizada, assim você estará protegendo o produto e promovendo a sua marca. As embalagens personalizadas são uma excelente forma de aumentar o nível de satisfação na experiência de compra.

 

3 – Dificultar as devoluções

Devoluções acontecem, isso é um fato. Mas, ao mesmo tempo em que elas nem sempre significam uma perda no lucro, elas podem fazer você perder um consumidor se você não lidar bem com a situação.

Infelizmente, muitos e-commerces estão nesse barco.

Politicas de devolução escondidas no seu site, formulários complexos para preencher e cobranças no frete de devolução podem contribuir para a insatisfação dos seus clientes e afetar suas vendas futuras. Se você quer se destacar na multidão, precisa ir para um caminho diferente.

O que fazer? Deixe as suas devoluções o mais simples possível. Elas devem ser gratuitas e fáceis de serem feitas. Coloque a sua política de trocas e devoluções em um lugar fácil de ser encontrado no seu site e simplifique a experiência para o seu cliente. Além disso, ofereça um código de postagem reversa para que seu cliente não tenha gastos com a devolução. Também é essencial responder a todas as dúvidas que seus clientes tiverem de maneira rápida e completa.

 

4 – Não usar as informações que você tem

Ao vender um produto, você precisa saber algumas informações básicas sobre ele, como tamanho, peso e o seu tipo de embalagem ideal. Quando você utiliza muito bem essas informações, você diminui os seus gastos operacionais e melhora a eficiência no trabalho.

É essencial que você preste atenção na sua logística de materiais, além de focar no envio de produtos. Fique atento aos materiais que você recebe dos seus fornecedores para não perder valiosas oportunidades de melhorias.

O que fazer? Use o seu banco de dados para analisar bem os tipos de produtos que você possui e quais as necessidades deles em relação a embalagem e envio. Com essas informações você poderá encontrar novos caminhos para seu controle de custos e quais materiais são realmente necessários.

 

5 – Confiar em um único tipo de envio

Quando você depende exclusivamente de um único tipo de envio, você se coloca em algumas situações de risco que podem ir desde uma demora nas remessas até preços mais altos que a média. Além disso, se o seu único serviço de envio de produtos entrar em greve ou diminuir o volume de operação, você terá grandes dores de cabeça para enviar seus produtos aos consumidores.

O que fazer? Aumente as suas opções e desenvolva uma relação com outras transportadoras. Mesmo que você use uma com mais frequência do que as outras, ter esse contato permite que você explore outras opções de preços e prazos mais flexíveis que vão manter o seu negócio rodando sem problemas.

 

Evite esses erros e tenha uma operação melhor

Se você está cometendo algum desses erros, você está prejudicando o seu e-commerce.

Felizmente, você pode contornar essa situação e melhorar os serviços prestados pela sua loja. Siga as nossas dicas e você aumentará a satisfação dos seus clientes e reduzirá o risco de perder dinheiro com erros de envio de produtos.

 

Fonte: Ready Cloud

You may also like...