5 dicas para alavancar seu e-commerce em 2019

5 dicas para alavancar seu e-commerce em 2019

No último ano presenciamos um crescimento contínuo do e-commerce, só no primeiro semestre as vendas aumentaram 12,1% de acordo com um estudo da Ebit, além disso, datas como a Black Friday impulsionaram as compras e mantiveram o comércio eletrônico aquecido.

É fácil entender esse crescimento das vendas online quando pensamos na praticidade e nos preços competitivos que o e-commerce oferece. Mas para aproveitar esse crescimento e vender mais é preciso entender o que o cliente espera de uma loja online e buscar por novas formas de expandir o seu negócio.

Por isso, separamos cinco dicas para você colocar prática em 2019 e levar a sua loja para um novo patamar. Confira abaixo:

1 – Marque presença nos marketplaces

Se a sua loja ainda não está presente nos marketplaces, então você está perdendo um grande fluxo de consumidores para a sua marca.

Se você não sabe, os marketplaces são grandes portais de venda online que reúnem diversos lojistas. Alguns exemplos são o Mercado Livre, Submarino, Netshoes e o Ponto Frio. Ou seja, você estará vendendo seus produtos em um e-commerce que já tem a confiança e o acesso do público.

Vender nesses espaços é muito vantajoso para todos os tipos de lojistas, pois você garante que mais pessoas estarão em contato com a sua marca e poderá realizar vendas que talvez não realizaria pela sua loja.

Você tem:

  • Visibilidade;
  • Custo reduzido;
  • Bom retorno de vendas;
  • Diversidade de público.

Mas para que você possa aproveitar de todas essas vantagens, é necessário que a sua plataforma ofereça uma integração com marketplace e um gerenciamento unificado desses pedidos. Assim você terá mais praticidade e menos chances de erro na sua operação.

Já conhece a integração com marketplace da Plugg.to?

2 – Variedade nas formas de pagamento

Quais formas de pagamento você oferece na sua loja? Diferente de uma loja física, no comércio eletrônico os pagamentos podem ir muito além do dinheiro ou cartão, e o cliente que compra online busca por essas alternativas rápidas e práticas.

As formas de pagamento oferecidas pela sua loja ajudam tanto na finalização de compra quanto na atração de clientes que preferem determinado tipo de pagamento.

É importante oferecer diversas formas de pagamento para que seus clientes possam escolher e pagar pela compra sem maiores complicações.

Além do convencional boleto e pagamento por cartão você também pode oferecer:

Não se esqueça que além de oferecer variedade e praticidade no pagamento, as soluções escolhidas também devem ser totalmente seguras.

3 – Se atente as datas comemorativas

As datas comemorativas são responsáveis por grande parte do lucro no e-commerce, gerando picos de venda em datas como Dia das Mães, Dia dos Namorados e Black Friday.

Mas para aproveitar essas datas da melhor forma, não basta apenas abaixar os preços e criar uma promoção genérica, o planejamento deve vir em primeiro lugar.

Para começar pegue um calendário e comece analisando quais datas conversam com o seu negócio e podem ser aproveitadas em alguma ação. Com essas datas selecionadas faça o seu planejamento e elabore campanhas específicas para cada data.

Mas lembre-se que nem toda data precisa de uma promoção acoplada para ser aproveitada, às vezes o conteúdo será o seu grande aliado e algumas datas serão melhor utilizadas para aumentar o engajamento e o relacionamento com os clientes do que para vendas.

Somente com um planejamento bem definido você irá descobrir essas datas e irá aproveita-las da melhor forma.

4 – Interaja mais com os seus clientes

Como está o seu nível de interação com seus clientes? Você responde a todas as perguntas no seu inbox? Da atenção aos comentários nas suas postagens? Responde aos e-mails com dúvidas sobre produtos?

Se você não está dando a atenção necessária aos seus consumidores, então é melhor repensar esse processo.

Um estudo recente mostrou que a interação com os clientes pode aumentar em até três vezes o valor médio de conversão de uma loja.

Portanto, vale a pena investir em um atendimento humanizado com colaboradores que estejam dispostos a ajudar e a tirar todas as dúvidas dos consumidores sobre os seus produtos e serviços.

O atendimento é mais do que apenas resolver o problema ou dúvida do seu cliente, você está criando um relacionamento com ele, e se o consumidor se sente bem atendido e próximo da sua marca, isso aumenta as chances de ele realizar compras e indicar a sua loja para amigos e familiares.

Nas redes sociais temos alguns exemplos de marcas que fazem uma excelente interação com seus consumidores, como Ponto Frio, Magazine Luiza e a Netflix.

5 – Otimize para o mobile

Não vamos nunca cansar de falar sobre esse ponto, sua loja precisa estar otimizada para dispositivos móveis! Se ela não está, então você está perdendo vendas.

De acordo com o último relatório Webshoppers, no primeiro semestre de 2018 foram realizados 17,4 milhões de pedidos por meio de smartphones e tablets, um aumento de 30% em relação a 2017. Esses números só tendem a aumentar.

Busque por uma plataforma que ofereça um ambiente mobile totalmente responsivo e com alto desempenho, assim você terá um e-commerce pronto para ser acessado de qualquer dispositivo e não perderá vendas pela dificuldade de navegação em aparelhos móveis.

Gostou das nossas dicas? Não se esqueça de assinar a nossa newsletter para receber nossas dicas em primeira mão.

You may also like...