40° Webshoppers: E-commerce cresce 12% no primeiro semestre de 2019

Como já é tradição, a Ebit/Nielsen divulgou os resultados do seu relatório semestral Webshoppers. Com dados promissores essa edição mostra o crescimento do comércio eletrônico nacional e apresenta os principais aspectos do setor nos últimos meses.

40° Webshoppers: E-commerce cresce 12% no primeiro semestre de 2019

De acordo com o relatório, o e-commerce teve um crescimento de 12% nas vendas no primeiro semestre de 2019, em relação ao mesmo período em 2018. Esse crescimento representou um faturamento de R$ 26,4 bilhões para o comércio eletrônico.

Já em relação ao volume de pedidos, o primeiro semestre de 2019 registrou R$ 65,2 milhões em pedidos realizados, totalizando um aumento de 20%.

A pesquisa também disponibilizou um pequeno gráfico mostrando a progressão desses indicadores nos últimos 4 anos:

40° Webshoppers: E-commerce cresce 12% no primeiro semestre de 2019

Novos consumidores

Parte desse crescimento se deve ao aumento de novos consumidores no comércio eletrônico. Cerca de 5,3 milhões de consumidores fizeram sua primeira compra no e-commerce nesse primeiro semestre de 2019, representando um total de 18,1% dos consumidores.

Em relação ao mesmo período de 2018, esses números representam um aumento de 7% a mais de consumidores no e-commerce, num total geral de 29,4% milhões de clientes.

40° Webshoppers: E-commerce cresce 12% no primeiro semestre de 2019

Vendas por região

O Webshoppers também trouxe dados sobre as vendas em cada região do País. Seguindo a tendência dos últimos anos, o sudeste mantém sua relevância para o e-commerce nacional concentrando um faturamento de R$14,9 bilhões no setor, registrando um crescimento de 9%.

Porém, outras regiões também registraram um crescimento expressivo. O Sul obteve um crescimento de 29%, com um faturamento de R$5,4 bilhões. Já a região Norte, apesar de um faturamento abaixo de R$1 bilhão, conseguiu um crescimento de 36% nas suas vendas.

40° Webshoppers: E-commerce cresce 12% no primeiro semestre de 2019

Redes sociais motivam compras

As redes sociais também tiveram o seu destaque no comércio eletrônico. De acordo com a pesquisa, elas são o segundo maior motivador de compras, perdendo apenas para sites de buscas.

Sendo o Facebook a que mais motivou compras no primeiro semestre de 2019, com 53% dos consumidores citando a rede. O Instagram ficou logo em seguida, com 32% das menções.

Além disso, 80% dos consumidores que compraram por indicações de redes sociais ficaram satisfeitos em relação ao preço e ao produto.

Dicas para melhorar

Por fim, a Ebit/Nielsen apresenta algumas dicas para que os lojistas melhorem as suas estratégias para o seu negócio de acordo com os resultados do relatório Webshoppers:

1 – Interface com o consumidor

Os consumidores estão ainda mais exigentes e demandam uma experiência de compra cada vez mais simples, fácil e rápida. Para ir de encontro com essas necessidades, invista em melhorias na navegação da sua loja e facilite o processo de checkout.

2 – Sortimento diferenciado

Existem muitos novos consumidores chegando no e-commerce. Entender quais produtos trabalhar no online é essencial para atender as novas demandas. Pense no seu mix de produtos, categorias e, se necessário, se baseie na Curva ABC para organizar o seu estoque.

3 – Reputação de ponta a ponta

Toda a jornada do consumidor, desde a intenção de compra até o pós-venda, impacta na relação dele com a sua marca. Certifique-se de que todos esses pontos estão alinhados e que a sua loja online ofereça uma experiência de compra completa e que atenda as necessidades do consumidor, garantindo a sua boa reputação online.

4 – Multicanais se complementam

Online e Offline são complementares. Se você também possui uma loja física, é importante definir como esse canal pode coexistir com a sua loja online sem sobrepor suas propostas de valor. Lembrando sempre da importância de uma operação omnichannel.

Se quiser ter acesso aos dados completos do 40° Relatório Webshoppers clique aqui.

You may also like...