4 coisas que os carrinhos de compra ensinam ao e-commerce

Fazer o monitoramento das taxas de produtos adicionados em carrinhos de compra pode ajudar a identificar e resolver problemas que a sua loja possa ter, além de ajudar a aumentar as vendas.

4 coisas que os carrinhos de compra ensinam ao e-commerce

Com essa taxa é possível definir a porcentagem de clientes que visitam a sua loja e adicionam um produto no carrinho. Esse indicador é associado a taxa de rejeição, quando um cliente visita a sua loja e sai após visitar apenas uma página. Mas também indica a porcentagem de clientes que finaliza a compra.

Esses dados são relacionados com a taxa de conversão e podem ser usados para entender o funcionamento da sua loja. A taxa de produtos adicionados nos carrinhos de compra podem ser usadas para entender a sua seleção de produtos e preços, seu marketing, seu processo de checkout e até mesmo sobre o que o seu site promete aos usuários.

 

1 – Produtos e preços

Uma loja com uma taxa baixa de produtos adicionados ao carrinho, digamos abaixo de 5%, talvez tenha problemas com a navegação, busca, seleção de produtos, apresentação ou preço.

Você precisará fazer uma análise mais profunda para descobrir qual desses problemas está afetando a sua loja. Uma dica é categorizar cada um deles e procurar separadamente.

 

– Busca de produtos: A navegação do site e problemas na busca dificultam o acesso do cliente aos seus produtos.

– Produtos desejados: O cliente encontra o produto mas fica desapontado com a apresentação ou seleção que a sua loja possui. Talvez as informações não estejam claras ou você não possui muita variedade.

– Precificação: Problemas de preço podem acontecer quando os consumidores não conseguem distinguir o preço de um produto, ou ele está muito fora do valor de mercado.

 

Melhore cada uma dessas categorias e você poderá notar um aumento nas suas taxas de conversão.

 

2 – Marketing

No contexto do marketing podemos entender quais campanhas funcionam melhor.

Por exemplo, no ano passado a taxa de produtos adicionados aos carrinhos foi de 10,62% para trafego direto, 10,23% para e-mail marketing e 7,54% através de pesquisas.

Supondo que essas taxas são similares a sua empresa você poderá analisar as campanhas de e-mail marketing de forma individual. E-mails com o objetivo de gerar vendas e que ultrapassaram a marca de 10,23% tiveram uma boa performance. As campanhas que alcançaram menos do que isso não devem ser repetidas.

Da mesma forma, uma campanha voltada para mecanismos de pesquisa que não gera pelo menos 7,54% de retorno está abaixo da média esperada. Você deve analisar, ajustar e melhorar.

 

3 – Processo de checkout

A diferença entre adicionar um produto no carrinho e finalizar a compra representa um grande potencial para o seu negócio.

Entre 30% e 40% dos consumidores que adicionam um produto no carrinho vão finalizar o processo de compra.

Da mesma forma, entre 60% e 70% dos consumidores não vão comprar os produtos no carrinho. Então, mesmo uma pequena melhora entre essas taxas pode significar um bom aumento no lucro da sua loja.

Toda loja tem seus clientes recorrentes, aqueles que voltam sempre para realizar uma nova compra. Existe uma chance maior desses clientes adicionarem produtos aos carrinhos de compra. Mas e se a taxa de conversão deles for menor?

Essa seria uma indicação de que você não está atraindo a volta desses consumidores. Clientes que compram pela primeira vez estão acostumados em efetuar cadastros e ler informações sobre o envio, mas clientes recorrentes não querem fazer isso novamente.

Analise se você não está dificultando a vida dos seus clientes na hora de finalizar as compras.

 

4 – Promessas feitas

Por fim, a taxa de produtos adicionados aos carrinhos de compra pode ser uma indicação se você está cumprindo ou não as promessas feitas aos clientes.

Os consumidores online esperam encontrar consistência desde o seu marketing, descrição dos produtos até o processo de checkout. O que você diz na sua loja e nas suas campanhas sobre os seus produtos e preços são promessas feitas aos clientes.

Se as taxas não estão de acordo com o esperado ou possuem divergências, talvez você não esteja cumprindo exatamente o que precisa para que os clientes tenham uma experiência de compra completa.

Assim como os outros itens dessa lista, você precisará analisar o que está oferecendo e o que está entregando.

  Fonte: Practical Ecommerce

You may also like...